Liquidificador – agora sem trema =)

os dias passam

Posted in dia a dia, gastronomie, livres, oz by dabidomo on 13 de October de 2008

Parece que não será tão difícil me acostumar com a vida de Sydney. Sem muito esforço estou tentando levar uma vida normal, parecida com a que eu levava no Japão e parece que está funcionando. Confesso que não fico um dia sem pensar em Japão e mesmo querendo que as coisas não deem certo aqui, estão dando, e no final das contas acho que esse é o melhor caminho.

Ontem fomos ao MCA – Museu de Arte Contemporânea de Sydney, muito bom, organizado, com ótimas exposições e o melhor, 0800 ( de graça ) . Bela iniciativa, afinal todos devem ter acesso a cultura.Curtimos um pouco o visual da baía e em seguida fomos a praia. Nem estava tãoquente assim, mas rolou um bronzeado. Voltei pra casa e fiz um bolo teste de banana, daqueles bem simples e rápido pra testar o forno daqui de casa. Ficou ótimo! Forno aprovado, em breve estarei me aventurando em novas receitas.

Hoje fui na biblioteca pública de Sydney procurar por alguns títulos em português. Sinto falta de ter um livro por perto. Infelizmente não tinha nada em português mas me informei por lá e disseram que, eu me tornando membro da biblioteca posso fazer pedido dos livros que eu quero que eles compram e disponibilizam para emprestar e o melhor, tudo de graça. Legal, breve estarei fazendo um cadastro por lá. Mas minha sede por um livro continuou e fui na maior livraria da cidade procurar por títulos em português, nada. Finalmente alguém me indicou essa livraria , e lá puder encontrar livros em português. Acabei levando Antologia Poética de Carlos Drummond de Andrade, acho que já estou hábil a lê-lo. Acabamos o dia num restaurante tipicamente japonês acompanhado de um casal de amigos. Detalhe: comida japonesa, falando japonês , com direito a IRASHAIMASE E KASHIKOMARIMASHITA . Owww Deus , sinto tanta falta disso.

Au revoir!

Norwegian Wood – Haruki Murakami

Posted in 101 em 1001, livres by dabidomo on 5 de September de 2008

 

E foi dentro do ônibus, a caminho pra casa que terminei de ler Norwegian Wood. Peguei esse livro na Biblioteca do NIC –  Nagoya International Center em Nakamura-ku, que  tem uma biblioteca com alguns milhares de títulos, a grande maioria em Inglês e Japonês mas com um considerável acervo em Português. Foi em uma das pequenas duas estantes de livros em português que encontrei Norwegian Wood, um dos melhores livros que li esse ano. O escritor é Haruki Murakami , muito famoso no Japão e no mundo. Em Norwegian Wood, Murakami descreve a história de um universitário japonês de 20 anos de idade ( Toru ) que se muda Tóquio, nos anos 60. Trata com bastante detalhes de temas polêmicos pra sociedade japonesa, entre eles o suicídio, sexo, amor, fatalidades. Confesso que muitas vezes me vi em Toru mas querendo ter um pouco da Midori, me analisei tentando chegar a um consenso mas esse demorou mais que o fim do livro.  Outro ponto legal do livro foi constatar que conheço grande parte do cenário descrito por Murakami. Resumindo, adorei e vou procurar por mais de Murakami e algumas outras obras citadas em Norwegian Wood.

[] Norwegian Wood – Haruki Murakami lido 3.08.2008

15. Ler no mínimo 6 livros por ano; Agora faltam 5; agora faltam 4; faltam 3; faltam 2; faltam 1

“…a morte não é o oposto da vida, mas uma de suas partes constituintes…”

101 Crônicas da Comédia da Vida Privada

Posted in 101 em 1001, livres by dabidomo on 5 de September de 2008

Não é a toa que o quadro do Fantástico ( Comédias da Vida Privada ) fez tanto sucesso. O diretor do quadro , João Falcão admitiu que usou muito Luis Fernando Verissimo pra compor o programa e depois de ler o livro cheguei a conclusão que esse livro foi uma inspiração pra tal. O livro vem com 101 crônicas, são textos curtos e rápidos de ler no intervalo do serviço, na hora do rango ou fazendo o número 1. Grande parte das histórias são engraçadas, outras engracadíssimas. Não tem como deixar de rir com textos dele, e com certeza muitas dessas histórias já aconteceu com qualquer pessoa.

[] Comédias da Vida Privada-101 Crônicas Escolhidas – Luis Fernando Verissimo lido 17.08.2008

15. Ler no mínimo 6 livros por ano; Agora faltam 5; agora faltam 4; faltam 3; faltam 2

Colecionador de Ossos Filme e Livro

Posted in 101 em 1001, livres, septième art by dabidomo on 6 de May de 2008

Bom, atualizando a lista de livros e filmes, terminei de ler, a algumas semanas o Colecionador de Ossos. Esse livro estava intacto aqui em casa a mais de 1 ano assim como todos os que venho lendo. Não quero ir embora e ter que me desfazer deles sem ao menos ter lido. O livro é muito bom, apesar de ter quase 500 páginas, tive prazer de lê-lo. Logo em seguida assisti ao filme que deixa muito a desejar a versão escrita. Um psicopata que baseia-se em um antigo livro e comete vários assassinatos em NY, sempre deixando pistas que levam a sua próxima vítima. Imprevisibilidade e crueldade…

15. Ler no mínimo 6 livros por ano; Agora faltam 5; agora faltam 4

Manhã, tarde & Noite – Sidney Sheldon

Posted in livres by dabidomo on 16 de April de 2008

Esse foi o segundo livro do Sidney que li, e achei meio bobinho. Eu não gosto de livros ou filmes previsíveis, e esse é um deles. Cheio de pequenos mistérios que giram em torno da morte de um multi-milionário. Assassinato, herança, suspeitos, moças bobinhas, etc e tal. Ainda bem que é fininho!!!

Conte-me Seus Sonhos – Sidney Sheldon

Posted in livres by dabidomo on 16 de April de 2008

Seguindo com o tópico livres ( livros ) mais um pra lista de livros lidos. Como tudo que estão me dando eu estou lendo ( até bula de remédio ) , esse foi mais um presente de amigo. Conte-me Seus Sonhos, é um suspense legal, intrigante, cheio de mistérios. O início do livro me fez acreditar que a série de assassinatos, que tem as mesmas características, são cometidos por pessoas diferentes. Durante a leitura, tomei conhecimento de alguns termos psiquiátricos, entre eles DMP-Disfunção Múltipla de Personalidade, com um final nada previsível.

O preço de ser Diferente

Posted in livres by dabidomo on 23 de March de 2008

Pensei muito pra ver se escrevia ou não sobre , mas enfim, achei melhor escrever ( mesmo que seja apenas algumas linhas ) . Acabei de ler o esse livro , e conclui que definitivamente estou me afastando dessas publicações espíritas. Assim como os outros dois espíritas que li antes, é um” dramalhão mexicano” onde o bonzinho sofre o livro inteiro e tem um final feliz, com um diferença, um romance homossexual. Além da trama, que por sinal é bem fraquinha o, o autor associa no finalzinho a homossexualidade à penitência de vidas passadas…AHHHH, poupe-me !!! Eu até acredito em vidas passadas, mas penitência????
Esse não vai pra minha lista dos 101.

Anjos e Demônios, Dan Brown

Posted in 101 em 1001, livres by dabidomo on 12 de March de 2008

Finalmente hoje terminei de ler Anjos e Demônios de Dan Brown. Ganhei esse livro no meu aniversário de 2007, li os 15 primeiros capítulos e só voltei a folheá-lo 1 mês atrás. Gostei do genêro suspense, aventura, o livro é legal e segue um mesmo cronograma de Código Da Vinci e Fortaleza Digital. Não sou muito fã de leitura, mas para um começo está ótimo. Estou com 2 outros livros espírita aqui em casa que ganhei de amigos, vou ler esses também, mas confesso que não sou muito fã do gênero, o último não foi uma experiência muito legal, uma típica ” novela mexicana “. Mas em breve quero começar a ler Mário Quintana, Cecília Meireles, Carlos Drumond de Andrade, Vínicius de Morais, Fernado Pessoa e outros tantos. Quero adquirir gosto pela poesia e poema. Breve!!!

15. Ler pelo menos 6 livros por ano;

Já se foi 1, agora são 5.